Diário de leitura | Resumo de abril de 2019

Olá, leitores!

Hoje eu vim mostrar os livros lidos em abril de 2019. No vídeo abaixo anexo mostro tantos os livros lidos como os que chegaram pra mim, uma espécie de Book Haul bônus.

 

WhatsApp Image 2019-04-30 at 22.18.46

  1. Tróia, de Cláudio Moreno  – Foi interessante ler um pouco sobre a Guerra de Tróia e os caprichos dos deuses do olimpo. O final não me agradou muito, mas a narrativa é bem empolgante.
  2. Ela e o seu gato – Esse mangá é bem melancólico e traz a rotina de uma jovem que está morando sozinha e trabalhando a partir da perspectiva de seu gato.
  3. Witches (vol 1) – Protagonistas femininas que se envolvem com magia de alguma forma, seja com o clássico paganismo ou com xamanismo.
  4. Witches (vol 2) – Incrível, realmente um par de mangá que me surpreendeu positivamente.
  5. As alegrias da maternidade, de Buchi Emecheta – Que livro maravilhoso! O título é só uma ironia e ao ler essas páginas, pode se preparar para conhecer a dureza da vida de uma mãe nigeriana que passa pela transição da Nigéria colônia para os novos tempos.
  6. O sonho dos heróis, de Adolfo B. Casares – Esse livro foi estranho. Ainda não fiz a resenha dele nem em texto nem em vídeo, pois ainda estou pensando sobre o que achei dessa leitura. em breve sairá opinião aqui no blog.
  7. Neve, de Orhan Pamuk – Confesso que não gostei desse livro. A história é muito boa e tem um recorte histórico como pano de fundo, mas a narrativa do autor me cansou demais!!
  8. Feminismo para os 99% – Já entrou para a lista dos favoritos. Esse livro é essencial para pensar sobre as questões humanitárias que tanto sofrem nessa onda conservadora atual.

 

Anúncios

Diário de leitura | Lidos em março de 2019

Olá, leitores!

Se em janeiro e fevereiro li pouquíssimos livros, compensei agora em março. Eu nunca havia lido tanto em um único mês, minha marca nunca havia passado de 4 livros ao mês.

Em março implantei duas medidas que pretendo tornar hábitos. Passei a andar com o Kindle na mochila e a ler quadrinhos e mangás. Antes eu deixava o Kindle em casa porque tinha medo de ser roubada, mas perdi um pouco da neura e isso me acrescentou três excelentes leituras que só foram possíveis porque com o Kindle eu consigo ler até mesmo em pé dentro do ônibus, rs.

Vamos ao que interessa…

índice

Os números não estão na ordem de leitura porque não lembro exatamente qual veio antes ou depois. Apenas numerei de maneira aleatória.

  1. O feminismo é para todo mundo, de Bell Hooks. Esse livro foi o título debatido em março no Clube de Leituras Feministas que conheci nesse mês. Gostei bastante dessa obra, ela é bem introdutória no assunto do feminismo, ideal para quem está galgando seus primeiros passos e que não conhece muito a respeito. Ele é curtinho, mas muito rico.
  2. Fome, de Roxane Gay. Livro de março para o Leia Mulheres de Fortaleza. Roxane escreve em Fome sobre sua relação com o próprio corpo após sofrer um abuso sexual coletivo aos 12 anos de idade. Esse livro é um misto de sentimentos, ao mesmo tempo em que ele é pesado e angustiante em diversos aspectos, também nos mostra uma realidade em que nunca paramos para pensar a respeito, que é a de pessoas obesas e suas dificuldades para realizar tarefas rotineiras. Esse livro me acrescentou bastante.
  3. Um teto todo seu, de Virgínia Woolf. Esse livro é o resultado de duas palestras proferidas pela Virgínia sobre a Mulher na Literatura. É interessante que a autora levanta a questão das 500 libras anuais para mostrar que a “falta de criatividade” das mulheres não está relacionada ao gênero, mas a uma questão de oportunidade.
  4. Preacher, de Ennis e Dillon. HQ da Panini e Vertigo que li sob influência de uma série que gosto muito. Confesso que não gostei tanto do quadrinho quanto esperava.
  5. Matéria Escura, de Blake Crouch. Comprei esse livro porque lia ótimos comentários sobre ele, mas a narrativa do autor não funcionou comigo. O protagonista não me cativou, a história muito menos e pra piorar tudo, a escrita de Blake me pareceu tão rasa, com frases tão curtas e mal elaboradas que fui desanimando. A premissa é ótima, porém uma história mal aproveitada.
  6. Não está mais aqui quem falou, de Noemi Jaffe. Esse livro de contos é muito amorzinho. Ele passeia entre histórias reais, reconta mitos, traz ficções e filosofa sobre efemeridades.
  7. Maria Bonita, de Adriana Negreiros. Esse livro foi debatido no Leia Mulheres de fevereiro, ele é um apanhado histórico sobre Lampião, Maria Bonita e o Cangaço em terras nordestinas. Aprendi muito com essa leitura, a Adriana mudou minha visão sobre essas figuras tão populares por aqui. As atrocidades que os cangaceiros realizavam, principalmente para com as mulheres, eram estarrecedoras!
  8. Wotakoi – O amor é difícil para otakus, de Fujita. Mangá que mescla os gêneros Shoujo e Slice of life, os personagens são quatro amigos (dois casais) que trabalham no mesmo escritório e são Otakus. Na cultura Japonesa, ser Otaku é visto com maus olhos, pois essas pessoas têm vícios em games, animes e coisas do tipo. Entre esconder suas paixões pessoais e levar uma vida “normal”, Wotakoi se desenrola com cenas cotidianas e engraçadinhas.
  9. O diário de Anne Frank. Que-livro-maravilhoso! Enquanto lia esse livro, senti vontade de abraçar a Anne Frank, principalmente depois que fui ler sobre o que aconteceu com as pessoas que estavam escondidas com ela. Quanto terror e ternura que esse livro me proporcionou…
  10. Assim falou Zaraustra, de F. Nietzsche. Essa edição é uma adaptação em mangá da obra de Nietzsche, como não li o original, não tenho como fazer comparações, mas a história é maravilhosa e traz uma rica reflexão sobre o relacionamento das pessoas com Deus. O que muitos entendem como heresia, na verdade é um resumo sobre como as pessoas deixaram Deus de lado pensando em seus bens materiais.

Então foi isso. vocês leram bons livros em março?

Diário de leitura | Lidos em janeiro e fevereiro de 2019

Olá, leitores!

Nesses dois primeiros meses do ano, li tão pouco que resolvi deixar acumular para mostrar aqui quais foram as minhas leituras. Em janeiro eu concluí apenas dois livros, os outros três foram em fevereiro.

Numerei os livros em ordem de leitura. 😉

8c7badb4-63bc-4749-af34-e528434455aa.jpg

  1. Eu sei por que o pássaro canta na gaiola, de Maya Angelou
    O primeiro livro lido em 2019 foi a incrível e comovente autobiografia de Maya Angelou, em que ela conta um pouco sobre a sua infância. Dei nota 5/5 e entrou para os meus favoritos da vida. Já tem resenha aqui no blog, essa foi a leitura para o Leia Mulheres de janeiro.
  2. História da menina perdida, de Elena Ferrante
    Finalmente eu concluí a tetralogia Napolitana! Depois de assistir a primeira temporada da série, me animei em continuar o livro… Esse último volume foi mais parado, meio que andando em círculos por causa das rotinas estabelecidas na vida adulta de Lila e Lenu. Dei 4/5 e já tem resenha aqui! 🙂
  3. Um conto de natal, de China Miéville
    Eu nunca havia lido nada no gênero New Weird e achei bacana a experiência, como o próprio nome sugere, é bem estranho, mas divertido… Como se fosse uma distopia mais esquisita que o habitual, rs. Aqui China faz uma crítica ao capitalismo durante as festas de natal, muito bacana. Nota 4/5, resenha aqui.
  4. Vox, de Christina Dalchier
    Esse livro foi a maior decepção do ano, até o momento. A autora tinha uma premissa bacana na mão justamente quando O conto da aia comoveu tantas pessoas, mas o aproveitamento da história foi péssimo… Poucas reflexões sociopolíticas (não chega a ser inexistente), cenas mal criadas e atitudes que não correspondem aos personagens, parece que o livro foi escrito apressadamente. Nota 3/5, mas já estou repensando e cogitando em dar 2/5… Falei sobre aqui.
  5. Asiáticos podres de ricos, de Kevon Kwan
    A internet comentava esse livro e o quão maravilhoso ele seria… Pra falar a verdade, ele é um romance bem ok, engraçado em certos momentos e muito bem escrito, o que te prende até o final da história, mas o casal protagonista é bem morninho, sabe?! Levou 3/5 e já tem post sobre ele aqui.

Então, é isso… Vocês já leram algum desses livros? O que acharam?

Resumo do mês | Setembro e Outubro

Olá, leitores!

Hoje vou mostrar os livros que li durante Setembro e Outubro, alguns deles foram emprestados, então não saíram todos na foto do post.

No mês de setembro li apenas dois livros, mas ambos foram maravilhosos! O primeiro foi Outros jeitos de usar a boca, da Rupi Kaur, publicado no Brasil pela Editora Planeta, falei sobre ele aqui. Em seguida li o segundo volume da Série Napolitana, História do novo sobrenome, falei sobre ele aqui.

Em outubro li A mulher desiludida, que levou quase o mês inteiro porque eu não conseguia ler muitas páginas por dia devido ao nível de melancolia das protagonistas, tem post sobre ele aqui. Também li a revista de setembro da Livraria Cultura e gostei muito de duas matérias que estavam nessa edição, depois quero escrever sobre elas aqui no blog. Li também o Proteja sua emoção, do Augusto Cury, em geral não tenho problema em ler livros de auto ajuda, mas esse foi tão nhéé. Por último li o Homens imprudentemente poéticos, do Valter Hugo Mãe, em breve sai post falando sobre ele, ainda estou digerindo-o, rs.

Bom, foi isso o que rolou por aqui nos dois últimos meses.

Não li nada no Kindle; três autoras mulheres e dois homens; a editora mais lida foi a Biblioteca Azul; li uma revista completa.

Resumo do mês | Agosto de 2017

Olá, leitores!

Hoje vou mostrar o que rolou por aqui durante o mês de agosto.

Finalmente consegui bater a minha meta de leitura, que são quatro livros por mês, já fazia um bom tempo que eu não saía da oscilação entre um e dois livros por mês. Inseri livros pequenos, mas no geral foram ótimas leituras.

Livros lidos

IMG_20170902_140428086.jpg
Lidos de agosto

Então, li um e-book, duas autoras mulheres e um clássico da literatura brasileira.

Novos na estante

Os livros novos eu já mostrei AQUI, mas segue a foto com todos eles.

IMG_20170826_093605288_HDR
Livros novos em agosto

Extra

  • Comprei um Kindle (yey <3), comentei brevemente minhas primeiras impressões AQUI.
  • Tirei uma lição de vida assistindo How I met you mother, como falei AQUI.

Resumo de maio, junho e julho | 2017

Olá, leitores!

Os três últimos meses foram os mais lotados e não sei dizer bem ao certo se foram os mais produtivos também. Em relação as leituras, o último trimestre dedicou-se aos livros acadêmicos e pouquíssimo à Literatura, mas é o que tenho, então vamos lá, já explico o que rolou por aqui.

Em relação às aquisições

Comprei vários livros, segue abaixo:

O Barba Ensopada de Sangue foi uma troca realizada no Skoob. Só ouço ótimos comentários sobre esse livro do Daniel Galera, então aproveitei a oportunidade de consegui-lo pelo plus.

IMG_20170815_193439443

Esse é o meu primeiro Valter Hugo Mãe, estou ansiosa para lê-lo. Aproveitei uma promoção no site da Livraria Cultura e paguei menos de vinte reais em Homens imprudentemente poéticos, fiquei encantada quando vi essa edição pessoalmente, a lombada é vermelha e o livro por inteiro é muito bonito.

IMG_20170815_193451449

Caí em tentação em uma Oferta do Dia da Amazon e adquiri Passos de Drummond, um ensaio crítico sobre as publicações de Drummond escrito por Alcides Villaça, professor de Literatura Brasileira da USP há mais de 30 anos.

IMG_20170815_193500692

Mais um Lobato pra minha coleção, dessa vez é o polêmico Negrinha. 🙂

IMG_20170815_193508803

Esse livro, pelo o que vejo na blogosfera é destruidor de corações, então, A Mulher Desiludida para o caos.

IMG_20170815_193516475

Nesse ano saí do curso de inglês e comecei a estudar sozinha, estou usar vários materiais em PDF, mas sempre que eu puder (e encontrar livros em conta) tentarei adquirir livros físicos por motivos de é beeemm melhor para estudar, marcar e etc.

IMG_20170815_193523684

Desde que conheci o Ruffato pessoalmente na Bienal do Livro de Fortaleza, fiquei louca para ler algo dele, eis Eles eram muitos cavalos.

IMG_20170815_193535867

A Simone de Beauvoir escreveu sua autobiografia divida em quatro volumes e Memórias de uma moça bem comportada é o primeiro deles.

IMG_20170815_193544057


Sobre as leituras do momento

Nesses três últimos meses li basicamente livros acadêmicos, como mencionei anteriormente. Cópias, PDFs, livros texto e capítulos soltos, o que não convém muito mostrar aqui (eu acho).

Em meio a essa bagunça, ainda dei incio a vários livros, mas as leituras não vingaram, esmoreceram do meio para o fim.

No momento estou com três livros em andamento, que são: Codinome Cassandra, segundo volume da série Desaparecidos da Meg Cabot; História do Pensamento Econômico e Manual da Secretária (ambos de estudo).


Evento

IMG_20170805_093253.jpg

Compareci à abertura do Cine Ceará desse ano e conheci o filme Chileno Uma mulher fantástica. O evento contou com Palestras, mostras, premiações, cursos e tantas outras atrações, foi uma pena que eu não tiver outros dias livres para participar da programação.


Siga o blog nas redes sociais: