Uma casa no fim do mundo | Michael Cunninghan |Companhia das letras

CUNNINGHAN, Michael. Uma casa no fim do mundo. 2°ed.  São Paulo: Companhia das letras, 2019.

Uma casa no fim do mundoEsse foi o livro do mês de dezembro de 2019 da TAG curadoria (código promocional para assinar a TAG com desconto: SAM7IATB) com tradução de Isa Mara Lando. ‘Uma casa no fim do mundo’ foi publicado em 1990 e o autor o considera seu primeiro livro, ignorando a existência da sua real primeira publicação. Michael Cunninghan ficou mais conhecido por um livro publicado anos depois, o As horas, que deu origem ao filme homônimo, escrito no mesmo estilo, porém com envolvendo a vida e a obra de Virgínia Woolf.

Michael Cinninghan trouxe aqui a amizade de dois jovens sob a perspectiva de quatro olhares narrativos e com o pano de fundo os Estados Unidos entre as décadas de 60 e 80, passando pela infância, adolescência e vida adulta de Jonathan e Bobby.

Em meio à década do movimento hippie, a descoberta da sexualidade dos dois garotos é regada a muita música e melancolia. Aqui o autor aproveita para explorar diversos assuntos como romance homossexual, uso de drogas e AIDS. Ao inserir as outras narradoras, Claire e Alice, o autor levanta mais assuntos interessantíssimos, como poliamor, relacionamento abusivo, romance na terceira idade, luto e maternidade.

” “A maioria dos pais não são amantes”, disse Clare. “Os meus não eram. Eram apenas casados, e nem davam muita bola um para o outro. Pelo menos eu e Jonathan somos bons amigos.”  “P.165

O melhor de tudo é que com um romance de formação de 387 páginas, Michael conseguiu abordar todos esses extensos temas de maneira perene e muito contextualizada.

Por ter a narrativa sob quatro perspectivas, esperava que houvesse uma diferença entre a forma de contar a história de cada um, mas me pareceu muito mais um narrador em terceira pessoa que oscila entre os personagens, pois senti a história sendo contada por uma única pessoa pela falta de mudança estilística.

Um comentário em “Uma casa no fim do mundo | Michael Cunninghan |Companhia das letras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s