O diário da princesa (#01), da Meg Cabot

Olá, leitores!

Então voltei à Meg Cabot depois de não ter gostado do segundo volume da série Desaparecidos. Fiquei decepcionado quando li o Codinome Cassandra, ainda mais depois de ter vibrado tanto na série A Mediadora. Fiz bem, O diário da princesa me mostrou que a Meg pode ter dado apenas um pequeno descuido em Desaparecidos.

Em O diário da princesa, Mia Thermopolis escreve em seu diário os pontos altos e baixos da sua rotina, que no início é recheado de insegurança e problemas comuns de jovens que não estão indo bem no colégio. Depois que ela descobre que o seu pai está com câncer no testículo e que ele não poderá mais ter filhos por ter ficado estéril, sua vida vira totalmente de pernas pro ar pelo simples motivo: sua família paterna nada mais é do que a realeza de uma pequeno país, Genóvia, ou seja, ela é a sucessora real do trono.

Tudo o que Mia mais deseja é concluir o Ensino Médio sem que ninguém descobra esse pequeno detalhe, que agora é princesa de Genóvia. E por esconder esse segredo, briga até mesmo com a sua melhor amiga, que nota as mudanças em Mia, que além de estar “esquisita” ainda mudou o seu visual.

Meg Cabot, trouxe em O diário da princesa uma adolescente de uns 14 anos cheia de inseguranças, como é comum na maioria das meninas nessa faixa etária , traz um romance bonitinho e várias informações que podem estimular jovens leitores a pesquisar, como história, matemática, palavras em francês e até mesmo informações culturais. Eu teria adorado ler esse livro na adolescência e ter pesquisado, por exemplo, sobre a princesa Diana ou sobre a indústria da carne. rs

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s