Convite | Vamos ler em maio?

Olá, leitores!

Hoje trouxe para vocês a indicação de um livro e ao mesmo tempo o convite para lê-lo no próximo mês.

O livro em questão é A cidade do Sol, do Khaled Hosseini, que completará 10 anos de lançamento agora em maio de 2017. Calma, esse não é o único motivo que usarei para tentar convencê-lo a ler essa obra.

Embora não tão famoso quando O caçador de pipas, livro do mesmo autor, A cidade do Sol traz à tona questões como feminilidade, liberdade, relações sociais e tudo isso ambientado no Afeganistão. Confira a Sinopse:

Mariaa_cidade_do_sol_1295553285bm tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rashid, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos.
Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: “Você pode ser tudo o que quiser.” Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela história, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a história continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do “todo humano”, somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios.

O convite está em aberto aos que não leram e aos que querem reler A cidade do sol. Se você já leu, deixa aqui nos comentários sua experiência com a leitura, vamos adorar. 🙂

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Sora Seishin disse:

    Oi Samantha!
    Já li esse livro, mas acho que faz dez anos mesmo. Não lembro muito da história, só que chorei litros.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    Curtir

  2. Vanessa disse:

    Parabéns pela dica Samantha! Já li A Cidade do Sol e curti bastante, Fiquei com vontade de relê-lo agora em maio, mas não sei se irei conseguir. Beijo!

    http://www.newsnessa.com

    Curtir

  3. Ariane Reis. disse:

    Oie Samantha =)

    Já li A Cidade do Sol e considero ele uma das leituras mais tristes e ao mesmo tempo mais bonitas que tive. É um livro que vale muito a pena ser lido e até mesmo relido.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s