Eu li: Mulher perdigueira, do Carpinejar

Mulher perdigueira é o segundo livro do Carpinejar que tenho a oportunidade de ler, sua sensibilidade não mudou, embora aqui haja exageros.

SAM_4922.JPG

Carpinejar chamou minha atenção inicialmente por seu estilo diferente, logo fui procurar o que el fazia, vi que tinha programa de TV e que escrevia crônicas. Ótimo, adoro crônicas. Logo de início a sensibilidade do autor nos cativa, nos faz ver pequenos enormes amores em detalhes do nosso dia a dia, ele nos desperta para esse olhar romantizado das coisas, faz crescer em nós a vontade de fazer poesia com as coisas simples da vida.

A maneira como um casal se senta, as maneiras de trocar carícias, as manias e os afetos, tudo isso pode gerar um turbilhão de sentimentos, de comentários e de análises para o Carpinejar. Mesmo me agradando bastante dos pensamentos do autor, algumas crônicas me irritaram, principalmente quando ele demostra ciúmes doentios, como por exemplo quando ele descreve seu ciúme por um sabonete que a sua namorada não o deixava usar, como se o sabonete tivesse algum tipo de acesso exclusivo o lhe proporcionasse algo que ele não seria capaz, bobagem.

Carpinejar não fala só de relacionamentos amorosos em Mulher perdigueira, há também crônicas engraças, como quando sua filha disse que gostava de meias (diante do contexto apresentado) ou quando ele deu uma cédula errada ao flanelinha (quem nunca?).

Mulher perdigueira é uma leitura rápida e divertida, ideal como livro de cabeceira, aquele que você lê um pouquinho antes só para descontrair um pouco a mente antes de dormir.

Publicidade

2 comentários em “Eu li: Mulher perdigueira, do Carpinejar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s